Chef Roberta Azevedo lança linha de produtos naturais da Comedoria Sazonal

No momento você está vendo Chef Roberta Azevedo lança linha de produtos naturais da Comedoria Sazonal
A lojinha oferecerá itens que constam no cardápio do restaurante e são queridos pelos clientes. (Foto: Thais Batalha)

A busca por uma alimentação mais saudável tem se tornado cada vez mais comum no Brasil e no mundo. Percebe-se um aumento da demanda por alimentos naturais e orgânicos, produtos menos processados e variedade de proteínas, que vai além do consumo de carne animal. Na Comedoria Sazonal, localizada no Infinu, os clientes encontram essas opções no menu criado pela chef Roberta Azevedo. E, a partir da segunda semana de fevereiro, vão poder levar os itens para casa.

“Vamos oferecer para a venda alguns produtos que já usamos no cardápio. Será a Mercearia por Comedoria Sazonal”, explica a chef. Ela adianta que, inicialmente, terá disponíveis preparos como a Farinha e a Pasta de dukkah, feitas à base de amendoim com especiarias. Além delas, o Relish de beterraba e o Brinjal moju, uma berinjela em conserva agridoce com especiarias, típica do Sri Lanka, também constarão na mercearia. Os produtos serão encontrados em embalagens de 200g, 350g e 600g com preços que variam entre R$ 20 e R$ 60.

A ideia de lançar o serviço surgiu de uma demanda do público. Roberta Azevedo destaca que esses produtos “dificilmente são encontrados em mercados locais ou restaurantes. E como são servidos nos pratos do restaurante, os clientes começaram a pedir para levar”.

Valorização de insumos

(Foto: Thais Batalha)

A filosofia seguida por Roberta na Comedoria Sazonal é de oferecer comida de verdade aos clientes. Ela defende que a casa vai muito além da ideia de ser saudável.

“Servimos comidas que nem sempre são consideradas saudáveis. Nosso choripan, por exemplo, é feito com pão em fermentação natural, linguiça artesanal de produtor local, conserva de repolho e chimichurri da casa e a mostarda que fermentamos por aqui. Logo, uma comida que é livre de industrialização, e feita com insumos verdadeiramente naturais”, assegura a empresária.

A chef também ressalta que gosta de aproveitar os ingredientes da estação e que eles terão destaque na mercearia.

“Há alguns itens que só teremos na época em que estarão mais disponíveis na natureza. Porque assim podemos aproveitar a potencialidade deles quanto aos nutrientes, sabores e também preço no mercado! Por exemplo, vendemos nossa pasta de abacate no Ano-Novo, mas agora fica inviável, pois esse insumo não está mais em temporada.”

A arte de comer bem

Na Comedoria, Roberta Azevedo oferece a mistura entre gastronomia e nutrição. Ou como ela gosta de chamar, a “nutrigastronomia”.

“É um termo que nem sei se existe, mas passei a usá-lo depois que concebi o restaurante. É um estilo de gastronomia que tem a nutrição como princípio fundamental, com o estudo dos nutrientes e alimentos, e da potência que eles alcançam quando combinados. Tudo isso sem perder a riqueza que a gastronomia nos oferece, como técnicas de cozinha e a arte de criação e montagem dos pratos”, explica.

Ela também acredita que a “nutrigastronomia” é uma tendência em potencial para os próximos anos. E que os restaurantes precisam estar atentos a isso. Para Roberta, é possível impactar a alimentação das pessoas por meio do equilíbrio no prato. “Costumo dizer que fora do consultório de nutrição não conseguimos mudar a vida de ninguém. Mas como futura nutricionista e empreendedora nessa área, sei que somos semeadores de um novo olhar para todo o sistema alimentar.”

No restaurante, os pratos são coloridos e compostos de sabores diferentes. A casa possui forte presença de especiarias nas massalas próprias, tudo com a ideia de explorar as papilas gustativas e mostrar a riqueza dos micronutrientes. Roberta pontua que “não tem como seu cérebro não se conectar com aquele momento. O resultado é imediato”.

Questão de planejamento

Existem vários mitos ao redor da alimentação saudável e equilibrada. Um deles é o de que essa aposta custa caro, mas, para a chef, não é bem assim. Ela explica que “comer de forma saudável é tirar um tempinho na semana e comprar insumos in natura. É poder cozinhar o próprio alimento, ou consumir lugares que façam alimentos naturais. É saber fazer boas escolhas”.

Embora comer desta maneira exija mais dedicação e planejamento, a empresária acredita que é possível fazer isso. Ela questiona a dificuldade que muitas pessoas dizem ter. “Somos capazes de planejar nossa vida financeira minuciosamente, uma viagem que acontecerá em seis meses, e o início da semana no trabalho. E por que deixamos de fazer esse planejamento e investir esse tempo quando se trata do nosso bem maior, que é a nossa saúde?” Ela ressalta que é otimista e acredita na mudança de comportamento da população, mesmo que seja aos poucos.

Serviço
Comedoria Sazonal
506 Sul, acesso pela W2 – Infinu.
Telefone: (61) 99157-4065.
De terça a domingo, das 10h às 22h.

Fonte: Metrópoles

Deixe um comentário