Farm to table: plataforma brasiliense reúne produtores locais de orgânicos

No momento você está vendo Farm to table: plataforma brasiliense reúne produtores locais de orgânicos
A procura por orgânicos cresceu 55% durante a pandemia e novas formas de compra surgiram para facilitar o acesso a esses produtos. (Imagem: Divulgação)

O cuidado com a saúde pede atenção e tem muita gente em busca da vida saudável. A orientação dos nutricionistas é sempre preferir os orgânicos. E, segundo a Associação de Promoção dos Orgânicos (Organis), durante a pandemia o aumento da procura por orgânicos foi de 55%.

Dentro do conceito “farm to table”, surgiu recentemente em Brasília a Gânica, que é uma plataforma que reúne produtores do DF e surgiu no meio da pandemia. 

“De olho no exponencial mercado de alimentação saudável, a Gânica surgiu para atender o consumidor que se viu confinado em casa e ávido por alimentos mais nutritivos e saudáveis”, afirma Bruce Lins, gerente operacional. 

(Foto: Divulgação)

A Gânica trabalha, em sua maioria, com produtores de orgânicos da COOPERORG, cooperativa já estruturada de produtores do mercado orgânico do DF. Também utilizam opções de uma importante cooperativa de produtores orgânicos de Goiânia, a Empório do Cerrado, que concentra agricultores familiares, extrativistas, pescadores, quilombolas e indígenas. E ainda pequenos produtores locais que, mesmo não pertencentes a cooperativas, possuem a certificação de produtos orgânicos. Tudo que é comercializado lá tem certificação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e são credenciados pelo Inmetro. 

“Todos os alimentos comercializados possuem certificação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e são credenciados pelo Inmetro, garantindo qualidade e conformidade com as normas de produção orgânica vigentes — desde a produção até a comercialização”, explica Lins.

Com informações GPS | Lifetime

Deixe um comentário