Hospital de Base do DF participa de projeto de reabilitação pós-Covid-19

No momento você está vendo Hospital de Base do DF participa de projeto de reabilitação pós-Covid-19
Equipe do hospital Sírio-Libanês conhecerá instalações do HBDF e treinará setores envolvidos no combate ao coronavírus. (Foto: Reprodução)

Na próxima segunda-feira (16/11), o Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF) vai receber a primeira visita de trabalho do Hospital Sírio-Libanês, executor do projeto Reab pós-Covid-19. O projeto tem como objetivo acompanhar o fluxo de pacientes contaminados por coronavírus tratados na unidade de saúde e propor soluções para reduzir o tempo de internação.

A ação também visa reduzir custos das unidades de saúde ao permitir que o paciente retorne à vida normal no menor tempo possível. O Reab pós-Covid-19 faz parte do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS), do Ministério da Saúde.

O HBDF foi um dos cinco hospitais brasileiros escolhidos para o início da ação, que tem duração de seis meses. Os outros são o Hospital Geral de Fortaleza, o Hospital Geral de Palmas, o Hospital de Contagem e o Hospital do Trabalho de Curitiba.

À disposição do projeto de reabilitação haverá uma equipe multidisciplinar, composta por médico, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, nutricionista, assistente social e enfermeiro especialista em integridade cutânea.

Visita de trabalho

Entre os objetivos da visita estão apresentar o projeto Reab pós-Covid-19 e seus indicadores, definir o comitê gestor e reconhecer as instalações do hospital. Participarão do encontro colaboradores do Hospital de Base das áreas de unidade de terapia intensiva (UTI); de cuidados prolongados; de regulação; e de controle de infecção hospitalar. O presidente do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF), Paulo Ricardo Silva receberá a equipe do Sírio-Libanês no encontro da próxima semana.

Com informações do Iges-DF e do Metrópoles.

Deixe um comentário