Mesmo em meio a pandemia, busca por espaços colaborativos cresce

No momento você está vendo Mesmo em meio a pandemia, busca por espaços colaborativos cresce
A ideia se apresenta como um meio de desfazer o clima pesado dos escritórios, sem tirar o comprometimento do expediente. (Foto: divulgação)

A pandemia provocada pela Covid-19, impactou negativamente vários setores da economia no mundo inteiro. Um deles foi os espaços colaborativos. No entanto, o setor se adaptou e é cada vez mais solicitado entre as empresas que apostam no trabalho remoto e pessoas que procuram uma rotina de escritório.

A ideia se apresenta como um meio de desfazer o clima pesado dos escritórios, sem tirar o comprometimento do expediente. “Além disso, fornecem interatividade entre os coworkers e é uma alternativa mais econômica. Ideal para quem quer cortar gastos pós-pandemia”, reitera Flávio Mikami, sócio proprietário do Espaço 365, coworking localizado no coração de Brasília.

Conforme dados da Coworking Brasil, o otimismo de empresários desse ramo com os negócios saltou de 57% em março para 75% em julho. O crescimento reflete na busca por espaços colaborativos. Outro motivo para procurar as coworkings é a dificuldade de concentração em casa. Segundo um estudo do instituto Robert Half, 35% dos 240 profissionais entrevistados admitiram que se distraem muito no home office.

Outro motivo que levou muitos empreendedores também a preferiram usar os serviços de uma coworking, principalmente em momentos de crise, foi o ato de ser uma alternativa mais econômica, com contratos de locação flexíveis e com a inclusão de serviços como de wifi e limpeza, por exemplo. Esses ambientes também incluem outra vantagem: a possibilidade de fazer networking e conhecer profissionais de várias áreas.

“O conceito de espaço de colaborativo é muito mais amplo. São várias áreas juntas que se ajudam de todas as formas. Muitas parcerias de sucessos começaram em coworkings. Essa é uma forma moderna, descontraída e econômica de trabalhar”, conclui Mikami.

Com informações do portal BSB Flash

Deixe um comentário