Volta do consumo nas lojas físicas puxam vendas totais do varejo

No momento você está vendo Volta do consumo nas lojas físicas puxam vendas totais do varejo
Imagem: Shutterstock

Com crescimento em quatro das cinco regiões do País, as vendas totais no varejo cresceram 5,7% em janeiro, na comparação com mesmo período o ano passado. Os dados são do Mastercard SpendingPulse, levantamento que mede as vendas em lojas físicas e no varejo online em todas as formas de pagamento.

A região com maior crescimento foi a Norte, 27,2%, seguida por Sul, 11%; o Centro-Oeste, 8,7%; e por fim, o Sudeste, com 4,8%. A região Nordeste foi a única que apresentou queda nas vendas, de 2,5%. Em comparação com 2020, as vendas totais aumentaram 22,1%.

Já as vendas pelo comércio eletrônico tiveram queda de 26,6% em relação ao mês de janeiro de 2021, quando as vendas online estavam em um rápido processo de crescimento e expansão, devido às restrições da covid-19.

“Com a volta do consumo nas lojas físicas, vemos uma retração dos consumidores brasileiros com relação às suas compras online”, comenta Estanislau Bassols, presidente da Mastercard Brasil.

Principais quedas

Os segmentos que tiveram as quedas mais abruptas foram os de vestuário, 38,6%; eletrodomésticos, 29,5%; e de farmácias, com 18,8%. Na comparação com janeiro de 2020, período pré-pandemia, quando não havia necessidade e alta demanda por compras online, o crescimento é de 32,9%.

“Embora as comparações ano a ano de e-commerce sejam difíceis, estamos vendo um crescimento positivo em muitos setores na comparação ano a dois anos, à medida que os consumidores retornam aos seus hábitos de compra”, concluiu Bassols.

Com informações Mercado&Consumo

Deixe um comentário